4 passos fundamentais para um processo de tomada de decisão eficiente

O processo de tomada de decisões é bastante complexo e envolve muitos pormenores até que seja feito com efetivo sucesso. Os líderes das organizações precisam se mostrar aptos a resolver questões de maneira célere, assertiva e eficiente.

É a partir dessas decisões que recursos são destinados, as equipes são direcionadas e projetos são postos em andamento. Fazer a escolha errada pode resultar em graves prejuízos. Nesse contexto, para ajudar você a decidir de maneira inteligente e eficaz, listamos 4 passos fundamentais logo a seguir. Continue acompanhando a leitura para descobrir!

1. Identifique o problema que determina o processo de tomada de decisões

Em grande parte dos casos, a necessidade de tomar uma decisão surge a partir de um problema. No entanto, nem sempre essa questão é urgente ou muito clara. Por esse motivo, antes de seguir para as deliberações, é importante entender os contornos da situação, detalhar o problema e definir seus aspectos principais.

Isso permite que você tenha uma visão global da questão e possa determinar quais são os objetivos com a tomada de decisão. Se o problema for a troca de um fornecedor, por exemplo, comece questionando se o caso está relacionado com o preço, a qualidade do produto ou o atendimento. Deixar de se atentar à natureza da situação pode resultar em decisões ineficientes e até mais caras para a empresa.

2. Colete informações sobre a questão

Para um processo de tomada de decisões eficiente, você precisa estar de posse de todas as informações possíveis sobre a questão. São essas respostas que embasarão as suas ações e oferecerão subsídios para defendê-las diante de outras pessoas futuramente.

Portanto, solicite uma análise detalhada do caso para tentar contextualizar o problema. Muitas vezes são situações aparentemente insignificantes que fazem toda a diferença. Assim, questione as pessoas diretamente ligadas ao caso, use questionários para coleta de dados, analise relatórios anteriores, vá até o local onde o problema está acontecendo e veja por si mesmo. Tudo isso vai ajudar você a fazer as melhores escolhas!

3. Analise as principais alternativas

Depois de compreender o problema e reunir todas as informações possíveis, é chegada a hora de avaliar todas as alternativas disponíveis para solucionar a questão. Esse é o momento de chamar a sua equipe e promover um brainstorming (ou tempestade de ideias).

Para isso, todos os envolvidos terão um tempo limitado para expressar as ideias que acreditam ser viáveis para solucionar a questão. A iniciativa é muito boa, visto que pessoas diferentes têm pontos de vista igualmente diversos, e você pode chegar a propostas de resolução que não encontraria sem essa ajuda.

4. Faça sua escolha e acompanhe os resultados

Se você executou todos os passos corretamente, é provável que, a essa altura, já deve saber o que fazer. Portanto, aproveite todas essas informações e decida de maneira objetiva e bem fundamentada.

Em seguida, é só monitorar os resultados de perto. Assim, se você perceber que as coisas não estão saindo exatamente da maneira que imaginou, haverá tempo de mudar a estratégia e evitar ocasionais prejuízos.

Para otimizar o processo de tomada de decisões, a tecnologia pode ser muito útil! Com as ferramentas corretas, a coleta de dados e a análise dos problemas acontece mais rapidamente. Você consegue passar rápido e com mais segurança para o momento da decisão.

Essas dicas foram úteis para você? Então, continue com a gente e saiba mais sobre o que é business intelligence e a sua importância para os negócios.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.