gestão de relacionamento

Gestão de relacionamento: vantagens de tratar alunos como clientes

Vivemos em um cenário no qual o sucesso de qualquer tipo de relação, independentemente da esfera na qual ocorra, é completamente dependente de um fator que vem se tornando cada vez mais importante: a gestão de relacionamento.

E, tal como a arena de batalha corporativa, outro cenário – cada vez mais movimentado e rentável – também vêm exigido a comunicação como fator fundamental para a prospecção e atração de clientes: o universitário.

Confira neste artigo porque optar por uma abordagem de comunicação “customer-based” pode ser uma ótima forma de prospectar, engajar e fidelizar os alunos.

Estímulo e manutenção do engajamento

Alguns mercados específicos – inclusive, bastante tradicionais – possuem uma intimidade e sintonia muito fortes com os seus públicos. Moda, perfumaria e tecnologia são três deles. Os clientes de empresas que atuam nesses segmentos são verdadeiros evangelistas das marcas, defendendo-as e representando-as em sua rede.

Frente a um cenário com diversos players, visualizar o aluno sob a perspectiva de cliente é essencial para balizar e impulsionar as suas estratégias de comunicação e evitar, em um mercado relativamente defasado, que a única relação entre ele e a universidade seja comercial.

Uma vez que o aluno entende a percepção de valor que a universidade tenta passar, é criada uma relação íntima que o confere prazer em estudar na instituição, algo que se reflete nas relações que esse aluno tem com outros alunos, amigos e familiares, promovendo o engajamento da universidade com quem ele influencia.

Maior possibilidade de fidelização

No cenário universitário, é essencial entender o perfil dos alunos da mesma forma como se mapeiam as dores, necessidades e particularidades de um cliente, que, no fim das contas, é a persona que os alunos representam.

Entendendo e avaliando a forma como o aluno vê a universidade, o processo de comunicar a ele os valores e diferenciais da instituição se torna mais fácil e eficiente, evitando que ele a veja como “somente mais uma prestadora de serviço” e fortalecendo a ligação afetiva com a universidade, estimulando o sentimento de “fazer parte”.

Prospecção de alunos e de relacionamentos a longo prazo

Uma vez que a universidade desempenha ações de comunicação estratégica visando o engajamento do aluno e o desenvolvimento de uma relação mais intimista, ele passa a vê-la como alguém que se preocupa, de fato, com a qualidade da experiência dele, o que aumenta a possibilidade de fidelizá-lo – e de que ele “fidelize” outras pessoas.

Além do famigerado “marketing boca-a-boca” que o aluno fará para outras pessoas que ele influencia, a gestão de relacionamento estimula a permanência a longo prazo dele e de outros alunos, ou seja, em todos os níveis de capacitação: graduação, pós, doutorado e outros.

Investir forte na gestão de relacionamento com os alunos têm se tornado uma tarefa cada vez mais essencial dentro do âmbito universitário. Frente a um mercado bastante acirrado e à alta procura por centros de formação, engajar e fidelizar os seus alunos com o mesmo foco com que se tem em um cliente é crucial para manter a representatividade da instituição.

Você tem investido na gestão de relacionamento com os seus alunos? Tem obtido bons resultados? Compartilhe conosco a sua experiência! Deixe um comentário!

Quer saber mais sobre fidelização no varejo_ (1)Powered by Rock Convert
campanhas de marketingPowered by Rock Convert
crm e programas de relacionamentoPowered by Rock Convert

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.