Gestão da colaboração: saiba como aplicar e entenda os benefícios para empresas

Cada vez mais, as empresas têm buscado meios de otimizar seus processos e de aumentar a produtividade dos colaboradores. Por isso, as relações mais dinâmicas e pautadas na cooperação vêm ganhando bastante destaque! Afinal, para vencerem a concorrência e manterem uma boa posição no mercado, todos precisam estar engajados com o mesmo objetivo.

Por isso, a gestão da colaboração tem sido uma ótima aposta dos novos administradores. Assim, se você também não quiser ficar de fora dessa tendência, vale a pena entender bem algumas informações valiosas para a sua organização. Continue a leitura e entenda mais sobre o assunto!

Descubra o que é exatamente a gestão da colaboração

Ao contrário do modelo hierárquico tradicional, em que uma única pessoa é a responsável por decidir tudo, esse modelo de gestão mais colaborativo investe na descentralização da tomada de decisões. Dessa forma, todos os envolvidos podem contribuir juntos para traçar novas estratégias, estabelecer regras e tomar atitudes.

Trata-se de uma mudança importantíssima, tendo em vista o perfil dos novos colaboradores que preenchem o capital humano recente nas organizações. A nova geração deseja autonomia e reconhecimento nos seus locais de trabalho. Com essa nova proposta de relacionamento corporativo, todos têm a oportunidade de crescer juntos e de trabalhar lado a lado rumo ao crescimento da empresa, sem a necessidade de uma escala hierárquica tão verticalizada.

Saiba como ela pode ser implementada na sua empresa

Embora a gestão da colaboração apresente ótimos resultados, pode ser difícil descobrir a melhor maneira de implementar o novo modelo na sua empresa. O primeiro passo, vale observar, é compartilhar o planejamento estratégico com a equipe envolvida.

Você precisa criar um senso de responsabilidade coletiva. Para isso, todos precisam saber com o que estão lidando e para onde estão indo! Em segundo lugar, deixe claro qual é o papel de cada um dentro daquele planejamento. Nesse caso, vamos além de cargos e tarefas: a ideia é que cada indivíduo entenda bem a sua importância dentro da organização. Desse modo, não haverá colaboradores ociosos, enquanto outros estariam sobrecarregados.

Conheça alguns dos benefícios de apostar nesse modelo de gestão

A gestão da colaboração permite que o potencial de todos os colaboradores seja aproveitado e proporciona uma série de benefícios que podem contribuir para a maior eficiência na gestão. Quer saber que benefícios são esses? Confira, a seguir, alguns deles:

  • maior agilidade nas mudanças: com a participação de todos na gestão, é possível encontrar soluções mais rapidamente para contornar crises e alcançar as frequentes mudanças de mercado;
  • desenvolvimento de habilidades pessoais: quando pessoas com diferentes habilidades trabalham em conjunto, todo o grupo ganha mais experiência e se sente motivado a explorar e desenvolver seus próprios talentos;
  • aumento do engajamento: quando o colaborador sabe que contribuiu diretamente para a criação e para o desenvolvimento da estratégia adotada, ele se sente muito mais determinado para ver tudo dando certo; com isso, ele deixa de se sentir apenas um colaborador simples e passa a se considerar parte integrante de uma equipe;
  • melhora da saúde emocional: o ambiente corporativo pode ser estressante; porém, como a gestão da colaboração elimina a pressão sobre uma pessoa e divide as responsabilidades entre todos os membros do setor, esse sentimento de parceria cria uma força coletiva muito mais resistente às adversidades;
  • análise de situações por diferentes perspectivas: em um sistema colaborativo, o brainstorming ganha muito mais eficiência, visto que reúne perspectivas e técnicas diferentes, deixando muito mais fácil resolver um problema em comum com soluções inovadoras.

Com a evolução do mercado e o ingresso das novas gerações nas empresas, é natural que surjam ferramentas de administração mais apropriadas e modernas. E a gestão da colaboração é uma dessas inovações que já apresentam ótimos resultados em diversos locais.

A gestão da colaboração promove uma posição mais igualitária na hierarquia horizontal, permite que as habilidades e os talentos dos colaboradores sejam aproveitados nos processos de decisão e ainda cria engajamento, aumentando a produtividade. Portanto, vale a pena levar essa proposta para a sua empresa!

Gostou das dicas que trouxemos neste post? Então, continue em nosso blog e veja também como criar um workflow.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.