sales funnel

Fique por dentro de 5 dicas incríveis para gerenciar funil de vendas

Gerenciar um funil de vendas, se feito corretamente, é compreender toda a estrutura de uma empresa. Isso porque é por meio desse funil que novos clientes entram.

Uma vez assimilados pelo negócio, eles têm a capacidade de modificar a estrutura do empreendimento com suas exigências e opiniões. Se você constata que não tem captado os clientes certos e os serviços da empresa correm risco, é também no funil que está a resposta.

No artigo de hoje, vamos demonstrar o que é gerenciar funil de vendas de marketing e dar 5 dicas para você melhorar o seu. Leia até o fim!

O que significa gerenciar funil de vendas?

Os impactos positivos de um funil de vendas sobre os negócios são inúmeros. Por exemplo, é recomendável que o seu processo de venda seja, ele próprio, a educação do futuro cliente sobre o produto ou serviço que você vende.

Assim, as etapas do funil (qualificação, apresentação, negociação e fechamento) passam a ser um processo muito maior que a aquisição de um novo consumidor.

Elas permitem refletir sobre decisões de vendas, mas também de atendimento, investimentos e ações administrativas cruciais.

Como gerenciar o funil de vendas?

1. Entenda os números

O funil de vendas é representado assim porque sua estrutura começa com uma etapa mais ampla — com muita gente interessada em ouvir o que você tem a dizer — e chega ao fim com poucos fechamentos, proporcionalmente.

Então, você deve estar constantemente levantando dados numéricos a respeito de uma determinada etapa e da porcentagem de contatos que é transferida para o nível seguinte.

2. Faça previsões

Esses números vão possibilitar um planejamento dos próximos meses. Ao gerenciar um funil, é interessante notar que só é possível planejar suas vendas de forma lúcida com base em dados de meses anteriores.

Ademais, aumentos significativos nas vendas só vão acontecer se você alavancar o investimento. É bom lembrar que aumentar desordenadamente o número de clientes que entram pode trazer junto custos indesejáveis. Pergunte-se se isso vale a pena no momento.

3. Deixe as etapas limpas

O tempo dos vendedores é precioso. Por isso, é recomendável que você evite passar contatos inexpressivos de uma etapa para outra do funil.

Use critérios seguros para realizar essa conversão e tenha em mente que bons contatos são os que têm grandes chances de fechar, mas, também, aqueles que podem se tornar bons clientes para o seu negócio.

Clientes tóxicos representam custos altos (de dinheiro ou tempo dos seus colaboradores) e desmotivam toda a equipe.

4. Realize melhorias pontuais

O que torna o funil de vendas tão eficiente é o fato de você poder avaliar cada etapa separadamente, assim como as taxas de conversão.

Portanto, seja fiel a ele e saiba exatamente onde estão os problemas com as vendas. Mobilize esforços para corrigir esses problemas e economize tempo e dinheiro.

5. Use uma ferramenta e faça testes

Ao gerenciar funil de vendas, tenha a tecnologia como sua maior aliada. Afinal, tratar de vendas é tratar de números e de sua interpretação, fazendo ajustes com base em dados e evitando achismos.

A melhor maneira de medir e emitir relatórios do seu funil é fazendo uso de um software para tal. Há inúmeras soluções fáceis de implantar e usar e que justificam seu custo permitindo que os seus vendedores fechem mais (e melhores) vendas em menos tempo.

Gerenciar funil de vendas de marketing é lidar com o presente e o futuro da sua empresa. Esperamos que as nossas dicas tenham sido importantes para você otimizar o seu.

Se tiver algo a acrescentar ou alguma dúvida, basta deixar aqui nos comentários. Compartilhe suas impressões conosco!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.