Cross selling: descubra o que é a venda cruzada e quais são seus benefícios!

Um cliente entra na loja e pede para ver um sapato. O vendedor traz o produto e, junto a ele, mostra um cinto e uma calça, que compõem um look perfeito com uma camisa que, a princípio, não estava no alvo desse cliente. Estamos diante de uma situação de venda cruzada, ou cross selling, uma estratégia cada vez mais utilizada pelas empresas.

Em um mercado cada vez mais concorrido, a busca pelo aumento na lucratividade por meio da geração de maior ticket por cliente passa pelo cross selling. Trata-se de uma estratégia que não é exatamente nova, mas que vem sendo aprimorada nos últimos anos: em busca da fidelização, você procura complementar a demanda do cliente com produtos que ele, a princípio, não estava pensando em adquirir, mas que pode ser convencido a fazê-lo pela sua pertinência.

Para entender mais sobre o tema, acompanhe o texto de hoje!

Venda cruzada x venda casada

Ao ler o parágrafo anterior, você pode pensar que o cross selling representa uma irregularidade. Mas não confunda: venda cruzada é diferente de venda casada. Esse último caso ocorre quando um cliente se interessa por um produto e o vendedor vincula a compra de um à aquisição do outro, sem dar chance ao cliente de escolher apenas o que ele quer. Trata-se de procedimento configurado como crime.

A venda cruzada é diferente: o vendedor complementa o desejo do cliente com outros produtos, dando a ele a chance de optar ou não pela compra. O objetivo é tornar a experiência mais ampla para o consumidor, sendo que ele mesmo pode escolher se realiza a compra completa ou não.

Benefícios da venda cruzada

A venda cruzada tem grande poder de fidelização de clientes, já que abre a possibilidade de que um maior número de itens da sua marca seja oferecido ao consumidor. Assim, ele vai aderindo cada vez mais aos seus produtos, restando pouco espaço para que a concorrência trabalhe esse mesmo cliente.

Por isso mesmo, a venda cruzada não está limitada ao primeiro contato com o consumidor. Os vendedores podem fazer um estudo do perfil, para identificar quais são as demandas do cliente e quando elas acontecem, apresentando soluções certas, no tempo correto.

Isso traz um relacionamento de grande qualidade com o cliente, pois possibilita que ele se torne, no futuro, um defensor da sua marca, situação que muitas empresas buscam e poucas conseguem.

Além disso, toda essa credibilidade pode render a indicação de mais clientes, já que as pessoas podem sentir confiança para mostrar aos amigos as qualidades da sua marca, estando satisfeitas com os seus serviços.

Portanto, para explorar o cross selling de forma adequada, invista em ferramentas que lhe possibilitem estudar o perfil de cada cliente (CRM, Business Intelligence, Big Data, entre outros). Esse é o primeiro passo para conhecer cada um daqueles que compram seus produtos, preparando ofertas exclusivas que possam ir ao encontro das suas demandas.

Se você quer melhorar a sua lucratividade por meio da fidelização de clientes, entre em contato com a Vórtice e venha aprender mais sobre o cross selling — ou venda cruzada! Não deixe que outras empresas tomem o seu lugar no mercado!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.