Atualmente, não há uma aplicação de TI que não forneça uma API que especifica como essa aplicação deve interagir com o resto dos sistemas. Portanto, não é de admirar que a equipe de TI, mesmo em grandes empresas, use-as cada vez mais para integrar sistemas múltiplos.

Afinal, o que é API? Application Programming Interfaces é um conjunto de rotinas, protocolos e ferramentas para a construção de aplicações de software. Basicamente, uma API especifica como os componentes do software devem interagir. Além disso, eles são usados na programação dos componentes da interface gráfica do usuário.

Uma boa API facilita o desenvolvimento de um programa fornecendo todos os blocos de construção, os quais são integrados pelo programador. Eles definem a maneira correta para um desenvolvedor escrever um programa que solicite serviços de um sistema operacional (SO) ou outro aplicativo.

As APIs são implementadas por funções compostas de vários tipos de comandos. A sintaxe necessária é descrita na documentação do aplicativo que está sendo chamado.

Como os APIs funcionam?

Eles são constituídos por dois elementos relacionados. O primeiro é uma especificação que descreve como a informação é trocada entre programas, feita sob a forma de um pedido de processamento e um retorno dos dados necessários. O segundo é uma interface de software escrita para essa especificação e publicada de alguma forma para uso.

Existem muitos tipos diferentes de APIs para sistemas operacionais, aplicativos ou sites. O Windows, por exemplo, tem muitos conjuntos de APIs que são usados pelo hardware e aplicativos do sistema — quando você copia e cola texto de um aplicativo para outro, é um API que permite que isso funcione.

API do Google Maps

Elas possibilitam que os desenvolvedores incorporem o Google Maps em páginas da web usando uma interface JavaScript ou Flash. O API do Google Maps foi projetado para funcionar em dispositivos móveis e navegadores de desktop.

API do YouTube

Elas permitem aos desenvolvedores integrar vídeos e funcionalidades do YouTube em sites ou aplicativos. Incluem o API do YouTube Analytics, o API de dados do YouTube, o API de transmissão ao vivo do YouTube e o API do YouTube Player, entre outros.

Flickr API

É usada pelos desenvolvedores a fim de acessar os dados da comunidade de compartilhamento de fotos do Flickr. O API do Flickr consiste em um conjunto de métodos chamáveis.

API do Twitter

O Twitter oferece duas APIs. A API REST permite que os desenvolvedores acessem seus principais dados e a API de Pesquisa fornece métodos para que os desenvolvedores interajam com a pesquisa e os dados de tendências.

Qual a importância das APIs?

A web e os softwares projetados para trocar informações por meio da internet e da computação em nuvem combinaram para aumentar o interesse em APIs em geral e serviços em particular.

O software que já havia sido desenvolvido de forma personalizada para um propósito específico agora é frequentemente escrito referenciando APIs que fornecem recursos amplamente úteis, reduzindo tempo e custo de desenvolvimento e diminuindo o risco de erros.

Na última década, as APIs melhoraram constantemente a qualidade do software. Além disso, o crescente número de serviços da web expostos por meio de APIs por provedores de nuvem também está encorajando a criação de aplicativos específicos para a nuvem, Internet das Coisas (IoT) e aplicativos para suportar dispositivos móveis e usuários.

Quando você considera a IoT, é fácil ver que a influência dos APIs está crescendo além das empresas baseadas em tecnologia. As organizações devem desenvolver a estratégia de produtos para a internet de dispositivos e as APIs podem ajudá-los a fazê-lo de forma eficaz.

Além disso, eles tornam possível o uso de grandes serviços, como o Google Maps ou o Facebook, para permitir que outras aplicações sejam “encadernadas” em suas ofertas. Pense na maneira como o usuário, por exemplo, exibe restaurantes próximos em um Google Map em seu aplicativo, ou a maneira como alguns jogos possibilitam que os jogadores conversem, postem notas altas e convidem amigos para jogar via Facebook, ali mesmo, no meio de um jogo.

Eles fazem tudo isso “expondo” algumas das funções internas de um programa para o mundo exterior de forma limitada. Isso possibilita que os aplicativos compartilhem dados e tomem ações por conta de outra pessoa, sem exigir que os desenvolvedores compartilhem todo o código do software.

Qual o impacto dos APIs nos negócios?

Essas ferramentas são vitais para empresas em todos os setores. Sua importância do ponto de vista técnico permite que os recursos de um programa de computador sejam usados por outro. Eles são um meio pelo qual dois programas diferentes são capazes de se comunicar. Além de possibilitar que as empresas desenvolvam seus negócios mais rápido do que nunca.

Como a web, que abriu o potencial da internet, as APIs estão gerando uma nova onda de inovação centrada no compartilhamento de serviços. Organizações em todas as áreas estão buscando aprender mais sobre APIs e seu potencial para transformar processos de negócios.

O principal motivo de os APIs importarem tanto nos mercados modernos é que eles permitem uma inovação mais rápida. As barreiras à mudança são reduzidas e mais pessoas podem contribuir para o sucesso de uma organização.

Eles oferecem benefícios duplos: a empresa pode criar melhores produtos enquanto se destaca da concorrência. Também facilitam a monetização. Ter uma presença em mais plataformas significa que as empresas podem vender mais espaço publicitário.

As APIs têm o potencial de transformar as organizações. As estratégias tradicionais dependem de grandes forças de vendas, papelada e outras medidas demoradas, desatualizadas e dispendiosas para administrar seus negócios e a prática está se tornando menos sustentável o tempo todo.

Em geral, as APIs oferecem às empresas a oportunidade de escalar, promover a inovação e alcançar um público mais amplo. Como Forbes diz, “Como um negócio ganha ou perde é cada vez mais dependente de quão bem eles se conectam a aplicativos, dispositivos e serviços de terceiros externos”.

É por isso que, independentemente do tamanho ou do setor da sua empresa, pode ser hora de você explorar APIs e o que eles podem significar para seu negócio.

Compreendeu o que é API? Então, aproveite a visita para assinar nossa newsletter. Assim, você receberá em primeira mão nossas novidades!