Business Process Management, ou, como também é conhecido, BPM, é um conjunto de metodologias e processos de gerenciamento flexível. O BPM tem a finalidade de melhorar continuamente os procedimentos internos e externos de uma empresa, com base em análises minuciosas.
slice1
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

Para isso, é preciso compreender o modo como os processos são realizados, padronizar os ambientes empresariais e, é claro, identificar o papel de cada colaborador na organização. Sendo assim, o BPM é uma ferramenta indispensável na tomada de decisões do negócio, pois ajuda a estabelecer metas e implantar otimizações de forma mais simples, organizada e eficiente.

Contudo, ao implementar esse conceito na empresa, é possível se deparar com alguns desafios que mostraremos no conteúdo de hoje. Continue a leitura para saber mais sobre o assunto!

Como adotar o conceito de BPM na empresa?

Implementar uma nova metodologia no ambiente de uma empresa não é uma tarefa simples e isso não é nenhuma novidade. No contexto do Business Process Management, é necessário que todos os envolvidos (analistas de TI, gestores, desenvolvedores e outros profissionais) trabalhem em conjunto.

Além disso, é muito importante que todos reconheçam o papel do BPM para os resultados do negócio e como ele pode garantir uma ótima colocação no mercado.

Também conhecidos como Sistemas de Gerenciamento de Processos de Negócio, os BPMs são sistemas de gestão que atuam como recursos de suporte no mapeamento, execução e monitoramento dos procedimentos internos.

Os BPMs geram automação às funções operacionais e oferecem ótimos indicadores de desempenho para mensurar os resultados dos setores da empresa.

Algumas das funções mais importantes dos BPMs são:

  • modelagens;
  • melhoria dos processos;
  • reestruturação;
  • implementação;
  • monitoramento em tempo real;
  • orquestração do ambiente de gestão dos processos;
  • interface de workflow.

Quais os maiores desafios do Business Process Management?

Apesar de ser uma solução inovadora, implementar o BPM na empresa é uma tarefa que exige cuidados, pois o conceito reserva alguns desafios que você conferirá agora.

Falhas de comunicação

Um dos desafios mais observados, durante o processo de implementação do Business Process Management, é a negligência na comunicação. Afinal, é importante que os colaboradores estejam cientes sobre o planejamento e os benefícios que uma nova metodologia pode trazer à gestão.

Sendo assim, é fundamental promover uma comunicação adequada entre os profissionais, incentivando-os a se empenhar na filosofia de trabalho, sem que qualquer empecilho seja razão para desmotivá-los.

Falta de monitoria dos processos

É muito comum nos depararmos com empresas que não realizam um controle eficiente sobre o andamento de seus processos, fazendo apenas um acompanhamento de nível superficial por meio de KPIs pontuais, sem uma definição ampla sobre a situação como um todo.

A mensuração da performance acaba se concentrando na microperformance dos departamentos, quando, na verdade, o foco deveria estar nos resultados gerais do processo.

O fato é que monitorar processos adequadamente é a melhor maneira de obter total controle sobre o desempenho financeiro do negócio, assim como gerar eficiência nas demais atividades operacionais.

Medições financeiras deficientes

Outro grande desafio que pode ocorrer durante a implementação do BPM é a ausência de meios para mensurar os ganhos financeiros de maneira adequada.

É imprescindível que a organização seja capaz de trazer à tona todas as informações monetárias dos últimos períodos, já que os ganhos financeiros conquistados estão diretamente associados à viabilização do BPM, justificando o investimento e conquistando o apoio dos gestores.

O que não deve ser feito ao implantar o BPM?

Para concluirmos, é importante citar algumas práticas que devem ser evitadas ao implantar o Business Process Management.

  • não contar com o suporte de especialistas em BPM;
  • não preparar os colaboradores para as mudanças;
  • não estabelecer metas;
  • não estruturar a metodologia;
  • não realizar a manutenção do processo;
  • não obter o apoio dos gestores;
  • não alinhar a equipe de TI com o BPM;
  • não motivar as equipes.

Como você pôde conferir, o Business Process Management é um conjunto de ferramentas, recursos e técnicas que podem alavancar os resultados da empresa.

Contudo, é fundamental conhecer os desafios que ele pode oferecer para garantir o sucesso de sua implementação.

Agora que você já sabe o que é Business Process Management e quais são seus principais desafios, não deixe de conferir também o que é workflow e por que utilizá-lo!