Atrair um cliente para sua empresa, independentemente de qual seja o nicho em que ela atua no mercado, é uma tarefa que exige investimento de tempo e dedicação. No entanto, fazer com que um cliente que experimentou um produto de sua marca compre novamente pode ser um verdadeiro desafio. E é exatamente por esse motivo que existem os programas de fidelidade. Não é por coincidência que negócios do setor varejista apostam nesse tipo de ferramenta há décadas.

Se você ainda tem dúvidas a respeito da importância de investir em estratégias para fidelizar clientes, não deixe de acompanhar a leitura deste conteúdo para conferir os 4 principais motivos!

Por que oferecer programas de fidelidade?

Entre as diversas vantagens que uma tática para fidelização pode proporcionar ao negócio, podemos citar as seguintes!

 

1. Aumentam as vendas

É quase redundante mencionar que clientes fiéis estão diretamente relacionados ao aumento das vendas, não é verdade?

Porém, isso não se deve somente ao fato de que eles são consumidores ativos que realizam compras com sua marca de tempos em tempos, mas também porque suas aquisições tendem a ser cada vez mais rentáveis (ticket médio) e é comum que eles atraiam mais pessoas para a loja. Falaremos mais sobre esses aspectos nos próximos tópicos.

2. Aumentam o ticket médio

Clientes fidelizados a uma marca tendem a aumentar o valor que consomem na empresa a cada nova compra. Fatores como a confiança na qualidade dos produtos oferecidos pela empresa e a satisfação com as políticas da empresa são definitivos no processo de tomada de decisão de compras.

3. Otimizam o engajamento entre a marca e os clientes

Por falar em satisfação, quanto mais satisfeitos os clientes ficam com uma empresa, maior o nível de engajamento. Consumidores engajados são divulgadores de sua marca, pois fazem propaganda positiva a respeito dela para seus amigos e parentes de maneira voluntária, no mais tradicional e eficiente estilo do marketing “boca a boca”.

4. Agilizam o processo de vendas

Um programa de fidelidade bem estruturado oferece vantagens suficientes para que os clientes não tentem barganhar por descontos, poupando seus vendedores da negociação e tornando o processo de vendas muito mais ágil e preciso.

fidelização
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

Como construir seu próprio programa de fidelidade?

Agora que você já tem uma perspectiva mais ampla sobre a relevância de investir em programas de fidelidade para o varejo, é importante entender como iniciar a construção de sua própria estratégia.

Pois bem, o primeiro passo é estabelecer os objetivos pelos quais sua empresa acredita que vale a pena investir esforço e recursos em um programa de fidelidade, pois eles servirão como parâmetro para as próximas etapas. Sendo assim, procure responder a questionamentos como “onde a empresa se encontra?” e “para onde ela quer ir?”. As respostas ajudarão a estabelecer os propósitos de seu programa de fidelidade.

Seu negócio precisa aumentar o ticket médio? Aumentar o engajamento entre os clientes e a marca? Ou quem sabe melhorar as vendas? Existem inúmeras razões para apostar em estratégias de fidelização, e conhecer quais são as que motivam sua empresa é uma maneira eficiente de obter sucesso nessa empreitada. Feito isso, é imprescindível que você conheça o seu público-alvo. Ou seja, as pessoas que o programa pretende atingir.

Dado o contexto, é fundamental traçar seu perfil de comportamento de consumo e sua jornada de compra, pois essas informações servirão como base para que você saiba que tipo de benefícios serão capazes de atrair o interesse de seus clientes a ponto de fazer com que eles sintam vontade de manter uma relação comercial duradoura com sua marca.

Como você pôde conferir até aqui, existem diversos motivos para que você invista em programas de fidelidade, pois eles não apenas aumentam a rentabilidade do negócio, como também ajudam a tornar sua marca mais conhecida no mercado em que ela atua. 

Agora que você conhece os melhores motivos para fazer um programa de fidelidade para seus clientes no varejo, não deixe de conferir também as melhores práticas para ter sucesso no desafio da fidelização!